Blog

O Poder do Pensamento – Parte I

Ciência, Psicologia l and tagged , , , l

Meditar sobre os pensamentos negativos irá, eventualmente, criar um resultado negativo.

Os seres humanos são as únicas criaturas na terra que são capazes de mudar sua biologia por aquilo que sentem e pensam. Segundo os pesquisadores, as nossas células estão sempre em sintonia com nossos pensamentos e com nossas emoções. Por isso, quando estamos tristes e abatidos o nosso sistema imunológico se deprime e nos deixa vulneráveis a todo tipo de vírus. Além disso, diante da lembrança de uma situação ruim,recebemos uma carga de hormônios estressores e podemos desenvolver várias enfermidades.

Imagine agora que você está sentado numa mesa de um restaurante e um garçom começa a cortar, ali na sua frente, um limão bem azedo. Pense nessa cena agora e veja como você experimenta alguma reação. Algumas pessoas chegam a sentir o gosto azedo do limão na boca. O nosso cérebro não precisa saber se uma cena é verdadeira ou não. Se você pensar de maneira focada em alguma situação, o seu cérebro vai reagir e vai enviar ao seu corpo as mensagens correspondentes.

Diante disso, podemos meditar num texto muito interessante de Lamentações 3:21 “Quero trazer a memória aquilo que pode me dar esperança”.

Quando Jeremias escreveu este livro ele tentava expressar a angústia e o sofrimento do seu povo no tempo do cativeiro da Babilônia. Quanto mais o profeta se lembrava disso, mais abatido ele ficava. Ele diz no verso 20 do capítulo 3: Minha alma continuamente os recorda e se ABATE dentro de mim. É interessante observar que repentinamente, ela muda de atitude. Ao perceber seu estado de angústia e abatimento, ele diz que quer trazer a memória as lembranças que podem acender a esperança no seu interior. Ele decidiu naquele momento que ia mudar os seus pensamentos.

Precisamos aprender a ter uma atitude proativa com nossos pensamentos. Se os deixarmos soltos, a tendência será sempre nos puxar para o que não deu certo, para o negativo, para a tristeza e para as frustrações.